Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Secção Filatélica e Numismática Galitos

Blog de partilha, divulgação e discussão de assuntos filatélicos e numismáticos

Blog de partilha, divulgação e discussão de assuntos filatélicos e numismáticos

Curiosidades filatélicas

 

Como valorizar uma peça filatélica

 

 

No ano de 1987, os CTT emitiram uma série de selos alusivos aos faróis da costa portuguesa. Nesta emissão filatélica, o farol de Aveiro (o mais alto de país com62 metrosde altura), não poderia deixar de também estar aí representado.

  

Estes selos tiveram como base desenhos da artista Maluda. Desta emissão, com valor facial de 25$00, foram impressos 1 milhão de selos de cada um dos faróis aí retratados: Farol de Aveiro, Farol da Berlenga, Farol do Cabo Mondego e Farol do Cabo de S. Vicente.

Paralelamente ao valor facial que as peças filatélicas possam ter, existem situações em que estas poderão ser valorizadas através de outros elementos que se possam aí juntar.

Apresenta-se uma imagem do bloco desta emissão filatélica assinado pela autora dos desenhos (Maluda).

 

Uma simples assinatura, poderá transformar uma normalíssima peça filatélica numa preciosa raridade.

JPS